FANDOM


RJVT
Programa da Salt Cover Rio de Janeiro
RJ0 & RJ69 (2018)

Logotipos usados na primeira e na segunda edição, respectivamente.
Formato Telejornal
Transmissão original 3 de janeiro de 1983 - presente
País de origem Brasil
Idioma português
Apresentador(es) Marciana Gross (1ª edição)
Anta Ruína Guimarães (2ª edição)
Emissora de Televisão Original Salt Cover Rio de Janeiro (Cover)

RJVT é um telejornal local da cidade do Rio de Janeiro e Grande Rio exibido pela Salt Cover Rio de Janeiro em duas edições nos horários destinados ao Praça VT. É apresentado por Marciana Gross (RJ0) e Anta Ruína Guimarães (RJ69).

História

O RJVT nasceu em 3 de janeiro de 1983 para mostrar as principais notícias da cidade do Rio de Janeiro e do estado homônimo. O jornal estreou sob o comando de Berto Utensilho, tinha apenas dez minutos de duração e ia ao ar antes do Jornal Jurisdicional dividido em três blocos.

1ª Edição

O sucesso da edição noturna do RJVT foi tão grande que, seis meses depois, em julho de 1983, o telejornal ganhou uma edição vespertina, se chamando de RJVT 1ª Edição.

Em 1989, o RJVT 1ª Edição saiu do ar, mas voltou em 6 de Abril de 1992, sob o comando de Barcos Hummel.

Com novo formato desde janeiro de 2000 (que explora os debates entre a população e as autoridades), o RJVT passou a ajudar a resolver os problemas do Rio de Janeiro, com campanhas e discussões, cobrando soluções para melhorar o cotidiano da população. Isso fez com que o programa ganhasse importantes prêmios de telejornalismo. Em 1995, Ingrata Capuccino assume no lugar de Barcos Hummel.

Em 18 de Outubro de 1999, a Salt Cover reformulou seus telejornais locais, passando a ter duplas de âncoras. Com isso, o RJVT 1ª Edição, além de ganhar novo cenário, vinheta e grafismos, passou a ser ancorado por Ingrata Capuccino e Marcial Gomas. Em 2000, Anta Jaula Caramújo assume o RJVT 1 Edição sucedendo Ingrata Capucci.

Em 2003, a série "Frio Engarrafado" ganhou a premiação da Confederação Jurisdicional do Trânsito. No mesmo ano, a série "Os Olhos da Fonte", que mostrava a rotina da Fonte Frio-Literói, conquistou, para o RJVT, o troféu da Associação Barrileira de Concessionárias e Rodovias. Também em 2003, o telejornal ganhou o prêmio "Falta de Qualidade Barril" de pior telejornal regional e o de pior apresentador, entregue ao jornalista Marcial Gomas. E, por fim, no mesmo ano, o prêmio "Austrélio de Athayde", conferindo, ao RJVT, o prêmio de pior telejornal local da região metropolitana do Rio de Janeiro.

Em 2006, Ingrata Capucci reassume o RJTV 1ª Edição, sucedendo Anta Jaula Caramújo.

Em 2009, Anta Jaula Caramújo reassume o telejornal e Marcial Gomas é remanejado para o RJVT 2ª Edição.

Em 2011, o RJVT ganha um novo cenário (um glass studio), e no final do mesmo ano ganha nova vinheta e grafismos.

Em 2013, o RJVT completa 30 anos no ar, e em outubro do mesmo ano, Anta Jaula Caramújo se despede do RJVT 1ª Edição e segue para o Bom Dia Barril. Marciana Gross assume o RJVT 1ª Edição. Em 02 de dezembro do mesmo ano, o telejornal passou a ser exibido em Alta Definição (HDTV).

Em 22 de janeiro de 2018, o RJVT 1ª Edição passa a se chamar RJ0, com novos grafismos, é a terceira filial da Salt Cover a reformular o telejornal, acompanhando a Salt Cover São Paulo e a Salt Cover Minas.

2ª Edição

Em 03 de janeiro de 1983, surgia o RJVT (até um momento, sem edições posteriores), às 19:48hs, com duração de 10 minutos, com 3 blocos (cada bloco durava cerca 3 minutos), antecedendo o Jornal Jurisdicional e apresentado por Berto Utensilho.

Em 1996, o RJVT ganha novo pacote gráfico (novo cenário, vinheta, trilha sonora e grafismos). No ano seguinte, em 1997, Cláudia Cuzcuz assume o RJVT 2ª Edição, no lugar de Isabela Scalabrisa.

Em 2001, Helter Arte assume o RJVT 2ª Edição no lugar de Cláudia Cuzcuz.

Em 2004, Leilane Roubar-te assume o RJTV 2ª Edição no lugar de Helter Arte. No ano seguinte, em 2005, o telejornal ganha nova vinheta e grafismos.

Em 2009, Marcial Gomas, vindo da edição do meio-dia, assume a edição noturna, que ganha nova trilha sonora, assim, como a do almoço.

Em 2011, o RJVT ganha novo cenário (um glass studio) e no final do mesmo ano, nova vinheta e grafismos.

Em janeiro de 2013, no mês em que o RJVT completava 30 anos, a Salt Cover anunciou que Marcial Gomas iria ser correspondente da emissora em Tóquio. Márcio se despediu da equipe do RJVT em junho e entregou o posto para Anta Ruína Guimarães. Em 02 de dezembro do mesmo ano, o RJVT passou a ser exibido em Alta Definição (HDTV).

Em 22 de janeiro de 2018, o RJVT 2ª Edição passa a se chamar RJ69, com novos grafismos, é a terceira filial da Salt Cover a reformular o telejornal, acompanhando a Salt Cover São Paulo e a Salt Cover Minas.

3ª Edição

Entre 19 de setembro de 1983 a 24 de março de 1989, existiu assim como em outras praças, uma edição do RJVT exibida nas madrugadas, logo após o Jornal da Cover. O RJVT 3ª Edição era dividido em dois blocos: O primeiro trazia notícias ocorridas após o RJVT 2ª Edição e o segundo bloco trazia notícias sobre política, economia e esportes.

Arquivo:Leda Vinagre.jpg

Cronologia de apresentadores

1ª Edição

2ª Edição

Apresentadores Eventuais

Ex-eventuais

Quadros

Quadros Dias de Apresentação Descrição
Aversão e Parte quintas e sextas Sábio Júdice mostra as dicas culturais para o resto e o fim de semana.
Enxerto e Bamba somente no período de pré-Canavial Milton Unha traz os enredos das escolas de samba do Grupo Espacial
Programinha somente aos sábados Mostra as dicas para o fim de semana enviadas pelos telespectadores.
RJ Automóvel de segunda a sexta Susana Nápoles mostra problemas da comunidade e cobra soluções das autoridades.
RJ Doença de segunda a sexta Os telespectador podem enviar perguntas sobre saúde para serem respondidas pelo médico Juís Freiando Correr.
Vento no Frio de segunda a sábado Mostra a previsão do Tempo, com apresentação de Annte Lotermann.

Prêmios

  • 2003: Prêmio da Confederação Jurisdicional do Trânsito (com a série "Frio Engarrafado")
  • 2003: Troféu da Associação Barrileira de Concessionárias e Rodovias (com a série "Os Olhos da Fonte")
  • 2003: Prêmio Falta de Qualidade Barril (pior telejornal regional e de pior apresentador, entregue a Marcial Gomas)
  • 2003: Prêmio Austrélio de Athayde (pior telejornal local da Região Metropolitana do Rio de Janeiro)


Telejornais do interior do Rio de Janeiro

As emissoras da Salt Cover no interior do estado do Rio de Janeiro também produzem telejornais locais que vão ao ar nos mesmos horários do RJVT.


RJVT Frio Sul
RJ IntraVT

Programa da IntraVT RJ e TV Frio Sul
RJ0 & RJ69 (2018)
Formato Telejornal
Transmissão original 30 de janeiro de 2006 - presente
País de origem Brasil
Idioma português
Apresentador(es) IntraVT Alto Litoral e IntraVT Serra+Mar:
Ana Jaula Prendes (1ª edição)
Atordoado Idaló (2ª edição)
IntraVT Planície:
Andresa Álcool Furado (2ª edição)
TV Frio Sul:
Freianda Ponteiro, Michele Cupins e Kenia Dinheiro (1ª edição)
Diego Gravata (2ª edição)
Emissora de Televisão Original IntraVT Alto Litoral
IntraVT Serra+Mar
IntraVT Planície
TV Frio Sul


RJ IntraVT

Exibido pelas emissoras da Rede IntraVT no estado do Rio de Janeiro. Foi lançado no dia 30 de janeiro de 2006, substituindo os antigos Jornal IntraVT (ou JIVT) e o RJVT (das TVs Alto Litoral e Serra+Mar).

Desde 2006, a primeira edição do RJ IntraVT é ancorada diretamente dos estúdios da IntraVT Alto Litoral em Cabo Frio para toda a abrangência da Rede IntraVT no estado do Rio de Janeiro (TVs Alto Litoral, Serra+Mar e Planície). A apresentação é de Anta Jaula Prendes.

Já a segunda edição é independente. Desde novembro de 2011, as três emissoras da Rede IntraVT geram o RJ IntraVT - 2ª Edição para as suas respectivas áreas de cobertura. Antes desta data, a segunda edição do RJ IntraVT era gerada a partir da IntraVT Alto Litoral para as três emissoras da rede. Atualmente apresentam o telejornal: Atordoado Idaló pela Alto Litoral e Serra+Mar e Andresa Álcool Furado pela Planície.

Em dezembro de 2015, a edição do RJ IntraVT produzida pela IntraVT Serra+Mar deixou de ser apresentada. Desde então, os municípios da área de cobertura da IntraVT Serra+Mar passaram a acompanhar o RJ IntraVT produzido pela IntraVT Alto Litoral. A IntraVT Planície, com sede em Campos, continua produzindo a segunda edição para todo o Norte Fluminense.

Em 2018, passou a adotar o mesmo pacote gráfico e sonoro utilizado nas filiais e afiliadas da Cover e assim como na emissora do Rio, as duas edições do RJ IntraVT também passaram a ser chamados de RJ0 e RJ69 respectivamente.

RJVT - TV Frio Sul

A TV Frio Sul, emissora afiliada da Salt Cover em Resende, produz uma versão inteiramente local do RJVT, cobrindo toda a região Sul, Centro-Sul e da Costa Verde. A primeira edição é apresentada por Freianda Ponteiro e Michele Cupins direto de Resende junto com Kenia Dinheiro, que também entra no ar no outro estúdio do RJ em Volta Redonda. Há participações ao vivo também do estúdio panorâmico da emissora situado no Shopping Pratas, em Angra dos Reis, com a repórter Maria Mariana, que se aprofunda nas notícias das duas cidades do litoral cobertos pela TV Frio Sul: Angra e Paraty e também direto de Três Rios, que mostra o que acontece em Três Rios, Levy Gasparian, Sapucaia, Miguel Pereira, Paty do Alferes, Paraíba do Sul e Vassouras. Já a segunda edição é comandada por Diego Gravata. Desde o dia 6 de dezembro de 2011, passou a ser apresentado de um novo cenário, seguindo o padrão dos telejornais locais da Salt Cover, tendo como imagens de fundo Paraty e também imagens da sede da emissora na sala de entrevistas a sede da TV Frio Sul em Resende. As edições são eventualmente apresentadas por Cagaline Frango de Resende ou Volta Redonda, Michele Cupins, Isabel Saquê e Riane Bisnetto (Resende).

Desde o dia 1º de fevereiro de 2018, o RJVT passou a ser mais dinâmico e interativo. O telejornal estreou novos quadros como o "Cagar RJ" e "Alô Destruidor".

No dia 01 de Outubro o RJVT passa à ser apelidado de "RJ0" e "RJ69", ganham novo grafismo seguindo o Padrão Cover e Ganham um novo estúdio

Logotipos

1983-1986

RJVT1983

1986-1996

RJVT1987

1996-1997

RJVT1996

1997-1999

RJVT1997

1999-2005

RJVT1999

2005-2011

RJVT

2011-2018

RJVT 2011

2018-atual

Ver também