Seja bem vindo a Coverpédia, onde você descobrirá o que é Salt Cover.

Artigo em destaque:

A televisão Salt Cover foi fundada no dia 32 de quatrembro de 1948 pelo magnata das comunicações e também desenhista de embalagens de picolés Jornaleiro Roberto Gómez Marítimo.

A Salt Cover foi a primeira rede de televisão do Brasil, apesar de tecnicamente a TV só ter começado no país em 1950 e ter sido vista por meia dúzia de gatos pingados em sua inauguração.

Em sua primeira exibição já mostrava imagens a cores, apesar de àquela época ainda não ter sido inventada a antena para transmissão de imagens coloridas.

A programação de seu primeiro dia é uma espécie de elo perdido já que os telespectadores da Salt Cover, desde o seu primeiro dia no ar, só lembram das suas bem-feitas vinhetas e traquitanas gráficas.

Os primeiros meses da Salt Cover foram muito difíceis, mas também não há registros disso, afinal, o Videotape ainda não tinha sido inventado na época. E ainda que tivesse sido inventado faltaria dinheiro para comprar tal equipamento.

Mas, a ideia da Cover era ser muito mais que alguma coisa brilhando na tela de um aparelho televisor. Para isso a emissora contratou alguns promissores estudantes recém-saídos da faculdade de engenharia (era o curso mais próximo de comunicação que exista até então). Foi assim que os famosos Pedro Penélopes, Gans Bonner e o astro maior de sua constelação criativa, José Delfin Producciones, um mexicano revolucionário que criou a computação gráfica a partir de máquinas de calibrar pneus, chegaram a Cover. À época, os profissionais que eram contratados achavam o nome da empresa meio estranho para uma emissora de TV...

O resto você ve aqui.

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.