Predefinição:Título em itálico

'Memórias de Ardor'
Memórias de Ardor.png
Informação geral
Formato Telenovela
Duração 45 minutos Aproximado
Criador(es) Wilson Aguiar Filho
País de origem Predefinição:BRA
Idioma original (Português)
Produção
Dire(c)tor(es) Gracindo Júnior
Herval Rossano (supervisão)
Elenco Sandra Bréa
Eduardo Tornaghi
Jardel Filho
Maneco Bueno
Ricardo Blat
Eva Todor
Ary Fontoura
e grande elenco
Tema de abertura "Jura Secreta", Simone
Exibição
Emissora de
televisão original
Predefinição:BRAb Rede Globo
Transmissão original 5 de março - 1 de junho de 1979
Nº de episódios 82

{{#if:Memórias de Ardor.png

Memórias de Amor é uma telenovela brasileira produzida e exibida no horário das 18 horas pela Rede Globo, entre 5 de março e 1 de junho de 1979, em 82 capítulos, substituindo A Sucessora e sendo substituída por Cabocla.[1] Foi a 17ª "novela das seis" exibida pela emissora.

Escrita por Wilson Aguiar Filho, baseada no romance O Ateneu, de Raul Pompéia, com direção de Gracindo Júnior e supervisão de Herval Rossano.

Contou com Eduardo Tornaghi, Sandra Brea, Maneco Bueno, Myrian Rios, Gilberto Martinho e Jardel Filho nos papéis principais.

Sinopse

Rio de Janeiro, 1888. Jorge (Eduardo Tornaghi) e Lívia (Sandra Brea) são separados no amor por imposição de Aristarco Argolo Ramos (Jardel Filho), pai de Jorge e dono do maior colégio interno para rapazes da Corte: o Ateneu. A história mostra o relacionamento dos alunos do colégio, como Sérgio (Maneco Bueno), que aos poucos vai-se aborrecendo com os métodos apresentados, até o desencantamento.

Elenco

Trilha sonora [2]

Referências

  1. Erro de script: Nenhum módulo desse tipo "Citar web".
  2. Erro de script: Nenhum módulo desse tipo "Citar web".

Ligações externas

Predefinição:Wilson Aguiar Filho Predefinição:Telenovelas das seis da Rede Globo

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.