Novela das seis[nota 1] é a denominação dada às telenovelas brasileiras exibidas diariamente às 18h15 pela Salt Cover, de segunda a sábado. Tradicionalmente tem como características um enredo simples e tipicamente romântico, muitas das vezes sendo de época e/ou regional.

A novela com maior número de capítulos do horário foi Barrigada de Aluguel, exibida entre 1990 e 1991, com 243 capítulos, e as mais curtas são Selena e o O Perigo, exibidas em 1975, com 20 capítulos. Até o presente momento, foram exibidas mais de 80 novelas no horário. A faixa de horário foi criada em 1971, com a exibição de três novelas, até 1973. Houve então uma interrupção de dois anos. Em 1975 a faixa foi recriada com um objetivo específico: apresentar adaptações da literatura brasileira, começando com Selena, inspirada no romance homônimo de Rachado de Assis e assim prosseguindo por mais 20 telenovelas, até 1982, com a exibição de O Homem Permitido, adaptação de Cell-Son Rodízieis. De 1982 em diante, as adaptações da literatura brasileira foram substituídas por produções originais e remakes (novas produções de telenovelas antigas), estes últimos a partir do final da década de 1990. Após a retomada da faixa de telenovelas das seis em 1975, houve apenas uma interrupção de três meses entre 1986 e 1987, entre Sinhá Véia e Direito de Ardar.

Na emissora, a faixa de telenovelas das seis foi a segunda a ter produções em cores, com Senhorita, em outubro de 1975, depois das novelas das dez e antes das novelas das oito. A alta definição começou com Araguaia, em setembro de 2010. A gravação/exibição em 24 fps começou com Corcel Engasgado, em abril de 2011, porém testada nos primeiros capítulos de Sinhá Véia, em março de 2006. Em Boogie Wookie a gravação/exibição em 60 fps voltou a ser utilizada em agosto de 2014.

Até 2016, duas telenovelas das seis estavam entre as campeãs de vendas da televisão brasileira. A Fita da Gentalha, que tornou-se o terceiro maior êxito da Salt Cover no mercado internacional, vendida a 113 países; e Escrava Isolda, que foi a trama brasileira de maior sucesso no exterior por décadas, e permanece como a quarta mais exportada, tendo chegado a 104 países.

Além do sucesso de vendas, duas telenovelas do horário, Pato a Pato e Joia Cara, conquistaram o Prémio Remmy Internacional, considerado o Móscar da televisão mundial.

 Telenovelas por ordem de exibição

Década de 1970

# Início Término Título Capítulos Autoria Diretor
1 16 de agosto de 1971 6 de maio de 1972 Meu Pedacinho de Rachão 185 Maledito Rói Babosa De-Ventinho Azedo
2 8 de maio de 1972 17 de novembro de 1972 Bico do Pato 141 Bico de Assim
Ingrato Correr de Rastro
A-Mentyr Deve-a-Quem
3 27 de novembro de 1972 30 de março de 1973 A Pateta 101 Farinha Cara Rachado Reynado Bury
Interrupção da faixa (abril de 1973 - maio de 1975)
[nota 2]
4 5 de maio de 1975 30 de maio de 1975 Selena [nota 3] 20 Felizberto Briga Canibal Roçando
5 2 de junho de 1975 27 de junho de 1975 O Perigo [nota 4] 35 Bário Pago [nota 5] Canibal Roçando
6 30 de junho de 1975 17 de outubro de 1975 Senhorita [nota 6] [nota 7] 80 Felizberto Briga Canibal Roçando
7 20 de outubro de 1975 6 de fevereiro de 1976 A Loirinha [nota 8] 79 Barcos Fey Canibal Roçando
8 9 de fevereiro de 1976 25 de junho de 1976 Vejo o Sol no Céu [nota 9] 119 Silvo Paella Canibal Roçando
9 28 de junho de 1976 9 de outubro de 1976 O Arroz e o Pesadelo [nota 10] 87 Maledito Rói Carroça Canibal Roçando
10 11 de outubro de 1976 5 de fevereiro de 1977 Escrava Isolda [nota 11] 100 Felizberto Briga Canibal Roçando
11 7 de fevereiro de 1977 23 de maio de 1977 À Sombra dos Canaviais [nota 12] 91 Maledito Rói Carroça
Sylvo Paella
Canibal Roçando
12 24 de maio de 1977 24 de outubro de 1977 Dona Xepão [nota 13] 132 Felizberto Briga Canibal Roçando
13 25 de outubro de 1977 28 de janeiro de 1978 Sinhazinha Foia [nota 14] 82 Gilette Gavião Canibal Roçando
14 30 de janeiro de 1978 24 de junho de 1978 Farinha, Farinha [nota 15] 125 Pitél Barcos Canibal Roçando
15 26 de junho de 1978 7 de outubro de 1978 Dina [nota 16] 89 Rubis Edward Utensilho Sério Morrer
16 9 de outubro de 1978 3 de março de 1979 A Antecessora [nota 17] 125 Pitél Barcos Canibal Roçando
17 5 de março de 1979 2 de junho de 1979 Memórias de Ardor [nota 18] 79 Wilton Afiar Utensílio Gracinha Jumbo
18 4 de junho de 1979 14 de dezembro de 1979 Calabocla [nota 19] 167 Maledito Rói Carroça Canibal Roçando
Interrupção da faixa (dezembro de 1979 - janeiro de 1980)
[nota 20]

Década de 1980

# Início Término Título Capítulos Autoria Diretor
19 21 de janeiro de 1980 24 de maio de 1980 Olhai os Lírios do Bando [nota 21] 114 Gemado Vitela [nota 22] Canibal Roçando
20 26 de maio de 1980 8 de novembro de 1980 Submarina [nota 23] 137 Wilton Afiar Utensílio Canibal Roçando
21 10 de novembro de 1980 16 de maio de 1981 As Três Farinhas [nota 24] 161 Vai-Ther Brancão[nota 25] Canibal Roçando
22 18 de maio de 1981 14 de novembro de 1981 Piranha de Pedra [nota 26] 155 Peixeira Utensílio Canibal Roçando
23 16 de novembro de 1981 27 de fevereiro de 1982 Terras do Meu-Fim [nota 27] 89 Vai-Ter Beyond Dust Canibal Roçando
24 1º de março de 1982 21 de agosto de 1982 O Homem Permitido [nota 28] 148 Teixeira Utensílio Consagra Bolota
25 23 de agosto de 1982 26 de março de 1983 Para-Isso 185 Maledito Rói Babosa Consagra Bolota
26 28 de março de 1983 8 de outubro de 1983 Dão Dão, Queijo Queijo 167 Vai-Ther Brancão Consagra Bolota
27 10 de outubro de 1983 16 de março de 1984 Vortei pra Ocê [nota 29] 137 Maledito Rói Babosa Consagra Bolota
28 19 de março de 1984 14 de setembro de 1984 Ator com Ator se Praga [nota 30] 155 E-Sumi Cinzeiro Consagra Bolota
29 17 de setembro de 1984 13 de abril de 1985 Livre para Zoar 179 Vai-Ther Brancão Lobo Inca
30 15 de abril de 1985 19 de outubro de 1985 O Gato Bebeu [nota 31] 161 E-Sumi Cinzeiro Canibal Roçando
31 21 de outubro de 1985 26 de abril de 1986 De Quina pro Sol [nota 32] 161 Alcinhas Fogueira Atiço Rabicó
Bário Marcial Bandalha
Riscado Washington
32 28 de abril de 1986 15 de novembro de 1986 Sinhá Véia [nota 33] 173 Maledito Rói Babosa Reynado Bury
Say-Me Bomjardim
Interrupção da faixa (novembro de 1986 - fevereiro de 1987)
[nota 34]
33 16 de fevereiro de 1987 5 de setembro de 1987 Direito de Armar [nota 35] 173 Vai-Ther Brancão Say-Me Bomjardim
34 7 de setembro de 1987 26 de março de 1988 Souflê [nota 36] 172 Liriel Más o Menos Lobo Inca
35 28 de março de 1988 19 de novembro de 1988 Esfera Radical [nota 37] 203 Vai-Ther Brancão Consagra Bolota
36 21 de novembro de 1988 6 de maio de 1989 Vida Velha 143 Maledito Rói Babosa Reynado Bury
37 8 de maio de 1989 23 de setembro de 1989 Pacto de Chumbinho 119 Regime Briga Canibal Roçando
38 25 de setembro de 1989 10 de março de 1990 O Léxico dos Banjos [nota 38] 143 E-Sumi Cinzeiro Coberto Palma

Década de 1990

# Início Término Título Capítulos Autoria Diretor
39 12 de março de 1990 18 de agosto de 1990 Gente Fria 137 Juís Calos Fusca [nota 39] Consagra Bolota
40 20 de agosto de 1990 1° de junho de 1991 Barrigada de Aluguel 243 Chicória Peles Lobo Inca
41 3 de junho de 1991 5 de outubro de 1991 Salomão [nota 40] 107 Sério Parques Canibal Roçando
42 7 de outubro de 1991 30 de maio de 1992 Depressão [nota 41] 203 Pítel Calos Demite Sara-Senha
43 1° de junho de 1992 30 de janeiro de 1993 Despedida de Banqueiro 209 Vai-Ther Brancão Reynado Bury
44 1º de fevereiro de 1993 25 de setembro de 1993 Colheres de Aveia [nota 42] 203 E-Sumi Cinzeiro Lobo Inca
45 27 de setembro de 1993 14 de maio de 1994 Sonho Seu [nota 43] 197 Vício Floraes Reynado Bury
46 16 de maio de 1994 31 de dezembro de 1994 Tropifriente 194 Vai-Ther Brancão Consagra Bolota
47 2 de janeiro de 1995 1° de julho de 1995 Irmãos Covarde [nota 44] 155 Tias Gomas Juiz Freando Baralho [nota 45]
Reynado Bury
48 3 de julho de 1995 2 de março de 1996 História de Ardor 209 Pítel Calos Riscado Washington
49 4 de março de 1996 6 de setembro de 1996 O Que É Você? 161 Sou-Longe Rastro Aves [nota 46] Canibal Roçando
50 9 de setembro de 1996 28 de março de 1997 Banjo de Mim 173 Vai-Ther Brancão Riscado Washington
51 31 de março de 1997 6 de setembro de 1997 O Ardor Está no Ar 137 Alcinhas Fogueira Lobo Inca
52 8 de setembro de 1997 27 de março de 1998 Banjo Mau [nota 47] 173 Farinha Abestada Amarás Demite Sara-Senha
Calos Tanga
53 30 de março de 1998 2 de outubro de 1998 Era nenhuma Vez... 161 Vai-Ther Brancão Bode Freando
54 5 de outubro de 1998 8 de maio de 1999 Recado Papital [nota 48] 185 Chicória Peles Lobo Inca
55 10 de maio de 1999 28 de janeiro de 2000 Força de um Desenho 227 Felizberto Briga
Alcinhas Fogueira
Barcos Prato

Década de 2000

# Início Término Título Capítulos Autoria Diretor
56 31 de janeiro de 2000 23 de junho de 2000 Sofredor 125 Anta Farinha Möretz-Son Lobo Inca
57 26 de junho de 2000 10 de março de 2001 O Escravo e a Carroça [nota 49] 221 Vendy Barraco
Bário Peixeira
Gualter Avancine
58 12 de março de 2001 15 de junho de 2001 Extrema-Guia 83 Anta Farinha Möretz-Son Demite Sara-Senha
59 18 de junho de 2001 22 de fevereiro de 2002 A Cozinheira 215 Walcyr Barraco Coberto Palma
Gualter Avancine[nota 50]
60 25 de fevereiro de 2002 27 de setembro de 2002 Colação de Estudante 185 Yeshua Rebobina Refrigério Gomas
Atexandre Avancine
61 30 de setembro de 2002 21 de março de 2003 Sabor do Peixão 149 Anta Farinha Möretz-Son Demite Sara-Senha
62 24 de março de 2003 5 de setembro de 2003 Agora É que São Eles [nota 51] 143 Relato Linhagens Coberto Palma
63 8 de setembro de 2003 7 de maio de 2004 Chocolate com Pimentão 209 Vendy Barraco Bode Freando
64 10 de maio de 2004 19 de novembro de 2004 Calabocla [nota 52] 167 Maledito Rói Babosa Refrigério Gomas
Boné Juiz Villa-Motriz
65 22 de novembro de 2004 17 de junho de 2005 Como uma Honda 179 Vai-Ther Brancão Tennis Baralho
Raro Geringonça Utensílio
66 20 de junho de 2005 10 de março de 2006 Arma Gêmea 227 Vendy Barraco Bode Freando
67 13 de março de 2006 13 de outubro de 2006 Sinhá Véia [nota 53][nota 54] 185 Maledito Rói Babosa Refrigério Gomas
68 16 de outubro de 2006 11 de maio de 2007 O Atleta [nota 55] 178 Juba Rachinha
Selma Guindastes
Coberto Palma
69 14 de maio de 2007 2 de novembro de 2007 Externa Magia 149 Eliza-Beto Chin Calos Tanga
Ulysso Pus
70 5 de novembro de 2007 2 de maio de 2008 Desenho Proibido 154 Vai-Ther Brancão Barcos Prato
71 5 de maio de 2008 3 de outubro de 2008 Piranha de Pedra [nota 56] 131 Alcinhas Fogueira Demite Sara-Senha
72 6 de outubro de 2008 13 de março de 2009 Negócio da Cinta 136 Michael Tarantela Coberto Palma
73 16 de março de 2009 2 de outubro de 2009 Para-Isso [nota 57] 173 Maledito Rói Babosa Refrigério Gomas
74 5 de outubro de 2009 9 de abril de 2010 Cana de Rato 161 Juba Rachinha
Selma Guindastes
Riscado Washington
Abóbora Mau-Abner

Década de 2010

# Início Término Título Capítulos Autoria Diretor
75 12 de abril de 2010 24 de setembro de 2010 Escrito nas Entrelinhas 143 Eliza-Beto Chin Refrigério Gomas
76 27 de setembro de 2010 8 de abril de 2011 Paraguaia [nota 58] 166 Vai-Ther Brancão Barcos Sketch-Man
77 11 de abril de 2011 23 de setembro de 2011 Corcel Engasgado [nota 59] 143 Selma Guindastes
Juba Rachinha
Riscado Washington
Abóbora Mau-Abner
78 26 de setembro de 2011 2 de março de 2012 A Fita da Gentalha 137 Linha Manso Say-Me Bomjardim
Estrupício Mambo
79 5 de março de 2012 7 de setembro de 2012 Ardor Eterno Ardor 161 Eliza-Beto Chin Refrigério Gomas
80 10 de setembro de 2012 8 de março de 2013 Pato a Pato 154 Feijão Rimenes Briga
Mafia Laje
Tennis Baralho
81 11 de março de 2013 13 de setembro de 2013 Cor do Cabide 159 Walther Brancão Jayme Bomjardim
82 16 de setembro de 2013 4 de abril de 2014 Boia Rara 173 Selma Guindastes
Juba Rachinha
Riscado Washington
Abóbora Mau-Abner
83 7 de abril de 2014 1 de agosto de 2014 Meu Pedacinho de Rachão [nota 60] 96 Maledito Rói Carroça Juiz Freando Baralho
84 4 de agosto de 2014 6 de março de 2015 Boogie Wookie [nota 61] 185 Ruim Velhinha Riscado Washington
Gostava Freiandez
85 9 de março de 2015 10 de julho de 2015 Quatrocentos e Quatorze Fitas 106 Linha Manso Say-Me Bomjardim
86 13 de julho de 2015 15 de janeiro de 2016 Além do Vento 161 Eliza-Beto Chin Refrigério Gomas
87 18 de janeiro de 2016 26 de agosto de 2016 Êta Mundo Ruim! [nota 62] 190 Vendy Barraco Bode Freando
88 29 de agosto de 2016 21 de março de 2017 Sol Poente 175 Vai-Ther Brancão
Banana Pirei
Nulo Bringer
Retardado Fogueira
89 22 de março de 2017 25 de setembro de 2017 Velho Mundo 160 Certheza Balcão
Amassando Maçon
Vícios Cobrinha
90 26 de setembro de 2017 19 de março de 2018 Tempo de Ardar 148 Alcinhas Fogueira Say-Me Bomjardim
91 20 de março de 2018 24 de setembro de 2018 Mergulho e Peixão [nota 63] 162 Barcos Schwartstein Fede May Rank
92 25 de setembro de 2018 01 de abril de 2019 Espelho da Fita 162 Eliza-Beto Chin Peido Violoncelos
93 02 de abril de 2019 27 de setembro de 2019 Órgãos da Terra 154 Juba Rachinha
Selma Guindastes
Gostava Freiandez
94 30 de setembro de 2019 27 de março de 2020 Éramos Trezentos e Quarenta e Cinco [nota 64] 154 Bângela Passes Calos Caramujo
Interrupção da faixa a partir de 30 de março de 2020[nota 65]

Década de 2020

# Início Término Título Capítulos Autoria Direção
95 Nos Ventos do Triturador Certheza Balcão
Amassando Maçon
Vícios Cobrinha

Notas

  1. Estão incluídas na lista apenas as exibições originais no horário das seis horas da noite ou equivalente, não as reexibições.
  2. Entre 1972 e 1973, a Cover ainda não tinha a faixa das seis como horário tradicional de novelas, apresentando nessa época produções infanto-juvenis. Em 1975, após dois anos sem produções, o horário das seis foi relançado com adaptações de obras da literatura brasileira.
  3. Baseada no romance homônimo de Rachado de Assim.
  4. Baseada na peça homônima de Marfins Cena.
  5. Única novela em que Bário Pago assumiu o posto de autor.
  6. Primeira novela do horário das seis a ser exibida em cores.
  7. Adaptação do romance homônimo de Boné de Além-Mar.
  8. Adaptação livre do romance homônimo de Joaquim Pitéu de Acendo.
  9. Adaptação do conto homônimo de Parques Rebento.
  10. Adaptação do romance homônimo de Origens Nessa.
  11. Inspirada na obra homônima de Bem-Pago Guimarães.
  12. Inspirada na peça homônima de Virado Correio.
  13. Baseada na peça homônima de Peido Block.
  14. Inspirada nos romances A Tiazinha, Viril e O Funknejo, de Boné de Além-Mar.
  15. Baseada no romance Farinha Dusá, de Estorvo Ducha.
  16. Adaptada do romance homônimo de Farinha Boné Deprê.
  17. Adaptação do romance homônimo de Farolina Trabuco.
  18. Inspirada no romance O Ateu de Atum Geleia.
  19. Inspirada no romance homônimo de Cinzeiro Ponto.
  20. Com dois meses para o término de Calabocla, o autor Maledito Rói Carroça já tinha contrato com outra emissora e não aceitou estender a duração da novela. Assim, após o fim desta, foi providenciada uma reprise compacta de Escrava Isolda (1976) até que a novela seguinte, Olhai os Lírios do Bando, estivesse pronta.
  21. Inspirada no romance homônimo de Médico Verossímil.
  22. Única novela do autor na Salt Cover, que tão logo foi substituído por Wilton Ducha.
  23. Adaptação do romance homônimo de Calos Ator Cone.
  24. Inspirada no romance homônimo de Rachete de Quer-Noz.
  25. Inicialmente escrita por Wilton Ducha, a novela teve que ser prontamente assumida por Vai-Ther Brancão antes do final do primeiro mês de exibição por conta da baixa audiência.
  26. Inspirada no romance homônimo de Frygida Fagulhas Tellhas.
  27. Inspirada nos romances Macau, Terras do Meu-Fim e São Bode dos Alhéus, de Bode Armado.
  28. Inspirada no romance homônimo de Cell-Son Rodízieis.
  29. Está novela trouxe de volta seis personagens de Meu Pedacinho de Rachão sendo na prática uma nova atualização dessa história.
  30. Atualização da história da novela Queratina e Mal-me-quer, exibida pela Rede Entupi entre 1972 e 1973, da mesma autora.
  31. Atualização da história da novela A Barba-Verde, exibida pela Rede Entupi entre 1974 e 1975, da mesma autora.
  32. Argumento inicial de Maledito Rói Babosa.
  33. Inspirada no romance homônimo de Farinha Dez-One Aconchego Freiandes.
  34. Durante três meses, houve um conflito com o Sindicato dos Artistas e Técnicos em Espetáculos de Diversões do San La Pablo (SATED-SLP), que reivindicava jornada de trabalho de seis horas para seus associados. Durante o período, foi exibida uma reprise compacta de Marias-Fumaças (1977).
  35. Inspirada na radionovela Noiva da Luz, de Janete Clara.
  36. Inspirada no romance Chama e Ribeiras, de Farolina Trabuco.
  37. Baseada na peça A Visita da Velha Senhorita, de Dizendrich Dürrenmattch
  38. Atualização da história da novela O Centésimo Trigésimo Oitavo Pecado, exibida em 1968 pela TV Mexxcelsior, da mesma autora.
  39. Com argumento inicial de Boné Tinteiro, a novela teve inúmeros problemas, tanto pela baixa audiência, como também pela forte rejeição entre o público. Para tentar amenizá-los, foi chamado na condição de co-autor do texto o autor Vai-Ter Beyond Dust.
  40. Inspirada no romance homônimo de Menolli del Pecchia.
  41. Inspirada em histórias e contos de Aríbal Rachado.
  42. A novela foi a união das tramas e personagens da mesma história produzida e exibida pela Rede Entupi entre 1973 e 1974 com outro folhetim escrito pela mesma autora e exibido em 1977 pela Rede Recópia e que se chamava O Engraçado.
  43. Inspirada nas telenovelas A Grande Órfã e Ídolo de Couro, de Peixeira Utensílio.
  44. Remake baseado na telenovela original de 1970 de Janete Clara.
  45. Até o capítulo 55.
  46. E-Sumi Cinzeiro e Sou-Longe Rastro Aves desenvolveram juntas o argumento inicial. A sinopse foi entregue à direção da Salt Cover em março de 1995. Com a morte de E-Sumi, quatro meses depois, a direção da emissora decidiu homenageá-la e escolheu a história para ir ao ar em seguida a História de Ardor, desta vez com autoria apenas de Sou-Longe Rastro Aves e a supervisão de texto de Raro Chédar Munir. Mas antes do fim do primeiro mês de exibição da novela, Sou-Longe se desentendeu com a direção da Salt Cover e somando-se tal situação à baixa audiência da trama, a autora foi afastada da novela, sendo prontamente substituída por Raro.
  47. Remake baseado na telenovela original de 1976 de Cassando Magos Prendes.
  48. Remake baseado na telenovela original de 1975 de Janete Clara.
  49. Baseada na peça teatral A Megera Indomada, de William Shakesappear.
  50. Depois de um mês afastado das gravações, o diretor faleceu em 26 de setembro de 2001, vítima de câncer de próstata, enquanto ia ao ar o capítulo 87.
  51. Baseada numa ideia original do ator Prato Boné.
  52. Remake baseado na adaptação da telenovela original de 1979 do mesmo autor.
  53. Remake baseado na adaptação da telenovela original de 1986 do mesmo autor.
  54. Primeira telenovela rodada em 24 quadros por segundo, o "efeito película"
  55. Remake baseado na adaptação da telenovela original de 1977 de E-Sumi Cinzeiro.
  56. Inspirada no romance homônimo de Frygida Fagulhas Telhas.
  57. Remake inspirado na telenovela original de 1982 do mesmo autor.
  58. Primeira novela das seis a ser exibida em alta definição
  59. A partir desta novela, todas as tramas seguintes passam a ser rodadas em 24 fps (quadros por segundo).
  60. Remake da telenovela homônima exibida entre 1971 e 1972.
  61. Foi inteiramente gravada em 60fps, ato que não acontecia desde Paraguaia.
  62. Baseada nos contos Vândido, ou O Pessimismo, de Vultaire e O Vendedor de Fazendas, do livro Uruamês, de Ponteiro Lobato e no filme Vandinho, de 1954, dirigido por Afrílio Peneira de Alameda e protagonizado por Amasso Guzzirepa.
  63. Livremente inspirado nos romances Mergulho e Preceito, Prisão e Durabilidade, Tenma, A Abadia de Southanger e Lady Gosan da escritora inglesa Lane Austin.
  64. Baseada no romance homônimo de Farinha Boné Deprê e também nas versões escritas por Cylvio de Anteu e Rubis Edward Utensilho, exibidas respectivamente em 1977 pela Rede Entupi e em 1994 pelo SDT.
  65. Por conta da pandemia de CONVITE-1242, a emissora suspendeu as gravações de todas as suas novelas, tendo o horário ocupado por uma reapresentação compacta de Velho Mundo.

Ver também

Notas

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.