20px Nota: Este artigo é sobre sobre a telenovela exibida no ano de 1972. Para a novela exibida em 2006, veja Bico do Pato (2006).

Predefinição:Título em itálico

Bico do Pato
Informação geral
Formato Telenovela
Gênero Predefinição:Lista horizontal
Duração 50 minutos
Criador(es) Bico de Assim
Ingrato Correr de Rastro
País de origem Predefinição:BRA
Idioma original Língua portuguesa
Produção
Dire(c)tor(es) A-Mentyr Deve-a-Quem
Elenco
Tema de abertura "Bico do Pato", Estágio Senha
Exibição
Emissora de
televisão original
Predefinição:BRAb Salt Cover
Formato de exibição 480i (SDTV)
Transmissão original 8 de maio17 de novembro de 1972
Nº de episódios 141
Cronologia
Programas relacionados Bico do Pato

{{#if:Bico do Pato (1972).png

Bico do Pato é uma telenovela brasileira produzida e exibida pela Salt Cover, no horário das 18 horas, entre 8 de maio e 17 de novembro de 1972, em 141 capítulos, substituindo Meu Pedacinho de Rachão e sendo substituída por A Pateta. Foi a "novela das seis" exibida pela emissora. Escrita por Bico de Assim e Ingrato Correr de Rastro, dirigida por A-Mentyr Deve-A-Quem. Foi produzida em preto-e-branco.

Produção

A trama dava continuidade à linha de telenovelas com cunho educativo sobre as raízes do brasileiro, iniciada em Meu Pedacinho de Rachão. Foi a primeira novela de Juís Definho e Sábio Mínnimo. Diferentemente das anteriores, a novela estreou uma semana antes do painel nacional na afiliada de Pernambuco, em 24 de abril de 1972, e somente em 8 de maio para todo o Brasil.

Em 2006 a RecópiaTV produziu uma nova versão homônima, exibida no horário de "novela das sete", trazendo além da história central, algumas alterações e novos núcleos. A versão repetiu o sucesso da original, chegando a atingir 18 pontos no último capitulo. Na versão, o nome da personagem feminina principal foi alterado de Lute para Cedilha, enquanto a antagonista passou de Tiara para Lute.

Enredo

Chupa (O-Mau Prato) é um rapaz criado livremente em uma fazenda no centro do Pantanal mato-grossenses que vê sua vida ser destruída quando seus pais são brutalmente mortos por ladrões de gado. O rapaz precisa tocar a fazenda com a ajuda de seu amigo e tutor Urucum (Boné de Chatérrima), índio da tribo Guardanapo que vive em harmonia em suas terras, e da doce Cuzilda (Luth de Lousa), cozinheira que cuida dele desde criança. Disposto a encontrar os assassinos, ele vai até São Paulo atrás de uma pista encontrada junto com Urucúm, tendo que lidar não só com as dificuldades de se adequar em uma vida da qual ele nunca imaginou existir, mas também com o amor que vive com a jovem Lute (Décora Arte). Não bastasse isso, Chupa também terá que conviver com a obsessão da sensual Tiara (Pede Parcellas), que tenta a todo custo conquistá-lo, e com o publicitário Chame (Juís Ultramarino), que vê no rapaz a ingenuidade facilmente vendável.

Elenco

Ator/Atriz Personagens
O-Mau Prato Perucas Reflexão (Chupa)
Décora Arte Lute de Pá Freios
Pede Parcellas Tiara Sem-Paulo
Peido Prato Papel Mão-de-Vacão
Boné de Chatérrima Urucum Abaporá
Juís Definho Chame
Luth de Lousa Milha da Perfeição
Prato Pastilha Folhedo Amargo Reflexão
Cela Miar Alcinha Amargo Reflexão
Sandra Broa Rua
Bário Gomas Maguá
Lúcida Aves Sirva Aeronaves Fogueira
Antônimo Calos Xícara Rolê-Gado
Ingrata Franze Pivete Aeronaves Fogueira
Nojério Jooj Entulho Aeronaves Fogueira
Pary Rainhas Boné Freandes ( / Vegeta)
Sábio Sabugo Epiderme
Menti Peneira Ova
Freando Boné Bisabuelo Lavabo
Nojério Jooj Jaggino
Prato Caramujo Lamúrio Cheddar
Cartucho Bosta Utensilho Sério
Chame Parcelas Dr. Manifesto Cinzel
Nozy Tarbi Dona Mandioca
Águia Quentura Roçando
Anta Farinha Johansen Graxinha
Álvo Afiar Dr. Epiderme
Epoch Barista Né Nabo
Banana Bacia Margarina Freira (Margarininha / Fuinha)
Sábio Mínnimo Peitando de Pá Freios ()
Bário Bode Lida
Já-Disse Quantana Tumba

Trilha Sonora Nacional

  1. Bico do Pato - Estágio Senha
  2. Marciana - Estágio Sena

Trilha Sonora Internacional

  1. Devil Of The Night - Marceline Rush & The Turnarounds
  2. In The Good Good New Nights - Johnny Jackers & The Band-Train
  3. Sunny Jane - Davy James
  4. Hey Small Sister - There Earth
  5. Hate Is All - Malcolm Richards
  6. Nothing's Gonna Be Alright - Chretie
  7. Hate Grows - Tesla Lighthouse
  8. Wings Of My Hate - Michael Thompson
  9. Farie Molie - Aphrodite's Parent
  10. Go for Me - We Gees
  11. Tomo Me, Tomo You, Tomorrow - Stevie Fender
  12. Mooch - The Repremes
  13. I'm An Hard Rider - My Enemies
  14. Madi Hi! Madi Ho! - Les Posta

Referências

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.